Rua: Dr. Costa Leite, 668 - Centro Botucatu (14) 3811-5900

Bispos e Arcebispos

Dom_Lucio

Dom Lúcio Antunes de Souza – 1° Bispo

Nascido em Minas Gerais, aos 13 de abril de 1863, e ordenado sacerdote em 31 de maio de 1890, Dom Lúcio foi sagrado bispo em 15 de novembro de 1908.

Seu lema era: “Non ministrari sed ministrare” (Não ser servido, mas servir). Assumiu o bispado de Botucatu no dia 20 de fevereiro de 1909, sendo recepcionado com grande carinho pelo povo botucatuense. Ao chegar na diocese, Dom Lúcio, logo se preocupou com a construção de um Seminário Diocesano, que teve sua pedra fundamental lançada em 29 de julho de 1909 (hoje Colégio La Salle). Para cuidar da formação dos seminaristas vieram os Padres Lazaristas, após solicitação feita ao Papa.

Trouxe para auxilia-lo na recém criada diocese, os Frades Capuchinhos, que chegaram em 1909, e se encontram até hoje onde funciona o Santuário Nossa Senhora de Lourdes, inaugurado em 1918. Os frades contribuíram com as paróquias sem padres, e auxiliavam em todo o trabalho pastoral.

Dom Lúcio, trouxe também as Irmãs Marcelinas que chegaram em 1912 e fixaram residência no Brasil, onde fundaram o Colégio dos Anjos (hoje Colégio Santa Marcelina).  Dom Lúcio construiu também o Palácio Episcopal, onde funcionou o Seminário. Em 1924, ocorreu o primeiro desmembramento da diocese, criando assim a Diocese de Sorocaba.

Faleceu aos sessenta anos, no dia 19 de outubro de 1923 e está sepultado na cripta da Capela da Ressurreição, na Catedral Metropolitana.

 

Dom_Carlos

Dom Carlos Duarte Costa – 2° Bispo

 Nascido aos 21 de julho de 1888, no Rio de Janeiro, Dom Carlos foi ordenado sacerdote em 1 de abril de 1911. Foi nomeado bispo em 4 de julho de 1924 pelo Papa Pio XI, seu lema era: “Dominus Iluminatio Mea” (O Senhor é minha luz). Foi sagrado bispo em 8 de dezembro de 1924, na Catedral do Rio de Janeiro, por Dom Sebastião Leme.

Tomou posse da Diocese de Botucatu, em 1 de fevereiro de 1925. Fundou o jornal “O Apostolo”, desmembrou a Diocese de Botucatu criando as Dioceses de Cafelândia (1926) e Assis (1928). Incentivou a devoção a Nossa Senhora Menina e lançou a pedra fundamental da nova Catedral em 1927, que teve sua construção iniciada em 1929.

Dom Carlos, fundou em 1928, a Congregação das Irmãs Missionárias de Santa Teresinha, para trabalhar na catequese, escolas, paróquias, imprensa, hospitais e orfanatos. Construiu o novo Palácio Episcopal São José. Em 1932, fundou um Batalhão para lutar na Revolução. Trouxe para Botucatu em 1937, as Monjas Passionistas.

Renunciou ao governo da Diocese em 6 de outubro de 1937, por má administração dos bens da diocese e por seu envolvimento político. Faleceu no Rio de Janeiro em 1961.

 

Dom_Luiz

Dom Frei Luiz Maria de Santana – 3° Bispo

Nascido em Verona, aos 21 de março de 1886, Dom Frei Luiz veio para o Brasil com apenas dois anos de idade, onde residiu em Araraquara com seus pais. Em 1899, entrou para o Seminário dos Frades Capuchinhos, foi ordenado sacerdote em 9 de março de 1909 na Sé de São Paulo, por Dom Duarte Leopoldo e Silva. Foi nomeado bispo pelo Papa Pio XI, em 2 de agosto de 1929, tendo sido sagrado bispo em 4 de outubro de 1929 na Igreja Imaculada Conceição em São Paulo capital.

Tomou posse como bispo de Uberaba em 27 de outubro de 1929, foi nomeado bispo de nossa Diocese no dia 3 de abril de 1938, tomando posse em Botucatu em 29 de junho do mesmo ano. Encontrou  a Diocese com grandes dificuldades financeiras e conseguiu recuperar a credibilidade da Mitra Diocesana. Realizou o 1º Congresso Eucarístico Diocesano em 1941, que contou com a presença do Arcebispo de São Paulo, quando se cogitou pela primeira vez os planos de elevar Botucatu à Arquidiocese.

Dom Frei Luiz, terminou e inaugurou a nova Catedral em 8 de dezembro de 1943, dezesseis anos após o lançamento da pedra fundamental. Fundou o Jornal Monitor Diocesano em 3 de março de 1940. Faleceu em 5 de maio de 1946 com problemas no coração. Seu corpo está sepultado na Capela da Ressurreição na Catedral Sant’Ana.

Dom_Henrique

Dom Frei Henrique Golland Trindade – 4º Bispo e 1º Arcebispo

Nasceu em Porto Alegre no dia 27 de maio de 1897, entrou para a Ordem Franciscana em 1920. Foi ordenado sacerdote em 18 de dezembro de 1926, em Petrópolis, pelo bispo Dom Agostinho. Nomeado bispo pelo Papa Pio XII em 29 de março de 1941, sua sagração ocorreu em 8 de junho do mesmo ano na Catedral do Rio de Janeiro por Dom Sebastião Leme.

Tomou posse como bispo de Bonfim – BA em 15 de agosto de 1941, e foi nomeado bispo de Botucatu em 15 de maio de 1948. Em sua posse em Botucatu, no dia 15 de agosto de 1948 esteve presente o então Governador do Estado de São Paulo, Ademar de Barros.

Dom Frei Henrique, ampliou o Seminário Diocesano e construiu a Capela da Santíssima Trindade (tendo lançado a pedra fundamental em 1951). Fundou a Congregação das Irmãs Servas do Senhor em 15 de setembro de 1952, com a missão de dar uma melhor assistência ao povo da zona rural. Organizou também a Semana Diocesana da Família.

A elevação à Arquidiocese: Em 19 de abril de 1958, Botucatu é elevada a Arquidiocese e Sede Metropolitana. Dom Henrique foi então promovido a primeiro arcebispo de Botucatu.

Dom Henrique fundou ainda a Casa dos Meninos “Sagrada Família”, para acolher crianças abandonadas. Em seu governo escreveu sete cartas pastorais e dezenas de livros de espiritualidade. Sagrou dois bispos, filhos da diocese: Dom José Melhado de Campos e Dom Sílvio Maria Dario É considerado um dos precursores da reforma litúrgica no Brasil. Teve grande atuação no Concílio Vaticano II. Sagrou a Catedral Metropolitana de Botucatu em 30 de agosto de 1964. Renunciou ao governo da Arquidiocese em 19 de abril de 1958. Faleceu no Convento das Irmãs Servas do Senhor no dia 16 de novembro de 1974. Está sepultado na Capela da Ressurreição na Catedral Sant’Ana.

Dom_Zione

Dom Vicente Marcheti Zioni – 5º Bispo e 2º Arcebispo

Dom Zioni nasceu na cidade de São Paulo – SP, no dia 14 de dezembro de 1911. Foi ordenado sacerdote na Basílica de São João de Latrão em Roma. Em 1955, o Papa Pio XII o nomeia bispo auxiliar de São Paulo, e sua ordenação episcopal aconteceu em 29 de junho de 1955 em São Paulo.

Se tornou bispo de Bauru em 25 de março de 1964, e foi nomeado arcebispo de Botucatu em 18 de abril de 1968, tomando posse no dia 12 de abril do ano seguinte. Criou o Seminário Maior de Filosofia e Teologia “João Paulo II”, o curso de Teologia para leigos e um grande número de paróquias. Foi grande incentivador dos movimentos TLC e Cursilho. Criou a primeira paróquia hospitalar do Brasil (São Lucas).

Renunciou ao governo da Arquidiocese em 28 de junho de 1989. Faleceu em 15 de agosto de 2007, na Casa dos Meninos “Sagrada Família”. Seu corpo está sepultado na Capela da Ressurreição na Catedral Sant’Ana.

 

 

Dom_Antonio

Dom Antonio Maria Mucciolo – 6º Bispo e 3º Arcebispo

Nascido na Itália, em Castel San Lorenzo no dia 1 de maio de 1923, Dom Antonio veio para o Brasil com apenas um ano de idade, fixando residência em São Paulo, depois Sorocaba. Entrou para o Seminário de Botucatu em 2 de fevereiro de 1937. Foi ordenado sacerdote em 4 de novembro de 1949 por Dom José Carlos Aguirre, na Capela do Seminário São Carlos Borromeu.

Nomeado bispo de Barretos em 26 de maio de 1977, e sagrado bispo na Catedral de Sorocaba em 15 de agosto de 1977 pelo Núncio Apostólico, Dom Cármine Rocco. Tomou posse em Barretos em 3 de setembro de 1977, e foi nomeado arcebispo de Botucatu em 28 de junho de 1989, tomando posse em 9 de setembro do mesmo ano.

Dom Antonio, criou várias paróquias e ordenou muitos sacerdotes. Construiu uma casa para acolher os sacerdotes idosos, Casa “Cura D’Ars”.Colocou no ar a Rede Vida de Televisão, e deu grande impulso aos meios de comunicação social. Incentivou a Pastoral Vocacional.

Renunciou ao governo da Arquidiocese em 7 de junho de 2000. Faleceu no dia 19 de setembro de 2012. Seu corpo está sepultado na Capela da Ressurreição na Catedral Sant’Ana.

Dom_Aloysio

Dom Aloysio José Leal Penna – 7º Bispo e 4º Arcebispo

Dom Aloysio, nasceu em Piquete – SP, no dia 7 de fevereiro de 1933. Foi ordenado sacerdote em 21 de dezembro de 1963 e eleito bispo de Paulo Afonso – BA em 21 de dezembro de 1984. Sua ordenação episcopal ocorreu em 22 de julho de 1984. Se tornou bispo coadjutor de Bauru em 10 de abril de 1988, e bispo diocesano de Bauru em 4 de setembro de 1990.

Foi nomeado arcebispo de Botucatu em 7 de junho de 2000, tomando posse da Arquidiocese em 27 de agosto do mesmo ano. Foi o responsável pela Pastoral da Criança e Pastoral do Idoso em nível nacional, coordenador pastoral da Província de Botucatu.

Dom Aloysio, foi também membro da Comissão Episcopal Representativa da Regional Sul I da CNBB – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. Implantou na Arquidiocese o Projeto Paróquia Missionária – PROPAMI. Setorizou todas as paróquias da Arquidiocese e realizou o Censo em todo o território.

Renunciou ao governo da Arquidiocese em 19 de novembro de 2008. Faleceu em 19 de junho de 2012 e seu corpo está sepultado no Cemitério São João Batista, Botafogo – RJ.

Dom Maurício, atual Arcebispo Metropolitano de Botucatu

Dom Maurício, atual Arcebispo Metropolitano de Botucatu

Dom Maurício Grotto de Camargo – 8º Bispo e 5º Arcebispo

Clique aqui e conheça a biografia de nosso atual arcebispo.