Arquidiocese de Botucatu

Artigos, Notícias › 18/10/2018

Por que os anos litúrgicos são divididos em A, B e C?

Ano Litúrgico começa com o tempo do Advento, quatros semanas antes do Natal, e termina com a Solenidade de Cristo Rei, no ano civil seguinte.

A Igreja, para celebrar o Mistério de Cristo presente na Palavra que é proclamada, dividiu as celebrações dominicais ao longo de três anos litúrgicos, chamados de: Ano A, Ano B e Ano C.

A Igreja desejou que as leituras bíblicas proclamadas na liturgia dominical voltassem a ser lidas novamente após três anos, e assim se organizou o Ano Litúrgico em 3 ciclos de leituras (Evangelho e demais livros do Antigo e do Novo Testamento). No Ano A lemos o Evangelho de Mateus; no Ano B o Evangelho de Marcos e no Ano C o Evangelho de Lucas. O Evangelho de João é reservado para ocasiões especiais, principalmente festas e solenidades.

Seguindo este ciclo dos três anos Litúrgicos A, B e C, consegue-se ter uma grande visão de toda a Bíblia, pois cada ano litúrgico tem uma sequência de leituras próprias. O Evangelho ao logo de cada Ano Litúrgico quer ajudar o fiel a percorrer toda a vida de Jesus em ordem cronológica, rezando do nascimento até a Ascensão. Assim, nas celebrações dominicais são proclamados textos que falam do anúncio do Messias, da encarnação, da sua vida pública (missão), do anúncio do Reino, dos sinais que Jesus realizou, do chamado dos discípulos, etc., até culminar com sua morte e ressurreição e assim se chegar à esperança da construção do Reino de Deus: a Parusia, com a solenidade de Cristo Rei do Universo.

divisão dos Anos Litúrgicos em A, B e C foi determinada a partir da comparação que o Ano 1 seria o Ano A, o Ano 2 o B e o Ano 3 o C e os anos 6, 9 e 12 novamente o Ano C. Então o ano em que a soma dos algarismos for um número múltiplo de 3 é o Ano Litúrgico do Ciclo C. Por exemplo 2016 (2+0+1+6= 9, que é múltiplo de 3). Sendo assim, 2016 foi o Ano C, e por sequência 2017 foi o Ano A, 2018 Ano B e 2019 será novamente o Ano C (2+0+1+9= 12, que é múltiplo de 3).

Por isso, participando das celebrações dominicais ao longo dos três anos do Ciclo litúrgico, cada fiel pode beber dos principais textos bíblicos que alimentam a fé e renovam no coração a certeza da Salvação que o Pai nos deu em seu Filho Jesus Cristo. Deus que com seu infinito amor age no tempo e na história, e o Ano Litúrgico é justamente a celebração da ação de Deus no tempo concreto da nossa vida. O Ano litúrgico nos faz vivenciar a espiritualidade de sair do nosso tempo (crónos) para entrarmos no tempo de Deus (Kairós) – o tempo da graça e da salvação.

Fonte: https://www.a12.com/redacaoa12/duvidas-religiosas/por-que-os-anos-liturgicos-sao-divididos-em-a-b-e-c

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com