Erro no banco de dados do WordPress: [Tablespace for table '`arquidiocesebo02`.`wp_mappress_maps`' exists. Please DISCARD the tablespace before IMPORT]
CREATE TABLE wp_mappress_maps ( mapid INT NOT NULL AUTO_INCREMENT PRIMARY KEY, obj LONGTEXT) CHARACTER SET utf8;

Erro no banco de dados do WordPress: [Tablespace for table '`arquidiocesebo02`.`wp_mappress_posts`' exists. Please DISCARD the tablespace before IMPORT]
CREATE TABLE wp_mappress_posts ( postid INT, mapid INT, PRIMARY KEY (postid, mapid) ) CHARACTER SET utf8;

Papa fala da bênção dos filhos no novo episódio de “Ave Maria" - Arquidiocese Sant'Ana de Botucatu - SP

Arquidiocese de Botucatu

Artigos › 06/11/2018

Papa fala da bênção dos filhos no novo episódio de “Ave Maria”

 

 

No novo episódio do programa “Ave Maria” da TV2000, da Conferência Episcopal Italiana, criado em sinergia com o Dicastério para a Comunicação da Santa Sé, o Papa Francisco fala da bênção representada pelos filhos e cita o caso da jovem romana que estava grávida e morreu por ter recusado o tratamento que a obrigaria a interromper a gravidez.

“Um filho é sempre uma bênção”. São palavras do Papa Francisco no quarto episódio de “Ave Maria”, o programa da TV2000 fruto da colaboração com o Dicastério para a Comunicação, conduzido pelo padre Marco Pozza. Todavia, Francisco recorda também que um filho pode ser “uma cruz para a mãe”. E cita o caso da jovem grávida de Roma que faleceu por ter recusado o tratamento que teria comprometido a vida do bebê – pela qual está sendo feita causa de beatificação.

A ternura de todas as mães

“Sem ternura – diz ainda o Papa – não é possível entender uma mãe. A mãe é a única que pode entender um filho porque o conhece nu, no seu ventre, no momento do parto, ele está nu. Maria, o recebeu nu aos pés da Cruz e cobriu-o novamente. Maria – prossegue o Papa – é uma bênção para nós porque é a mãe da nossa nudez. O pecado nos despe, nos deixa nus, ela nos cobre, sempre”.

A graça do Espírito Santo

O Papa sublinha que “Maria não era onipotente, era uma mulher normal, cheia de graça, mas normal. E a força daquela Graça é do Espírito Santo, que acompanha Maria durante toda vida”. Francisco reitera como “nós somos devedores de vida a uma mulher”. Todos. E quando dizemos “Ave Maria” nos ligamos à Nossa Senhora e também às nossas mães”.

Fonte: vaticannews

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com