A Igreja que somos e a Igreja que queremos ser A Igreja que somos e a Igreja que queremos ser

Arquidiocese de Botucatu

Liturgia Diária

EVANGELHO:

SANTO:

Sem categoria › 17/11/2014

Encontro da Família Arquidiocesana reuniu centenas de pessoas

IMG_0957Foi realizado no último sábado (15), feriado da Proclamação da República, o tradicional “Encontro da Família Arquidiocesana” que acontece anualmente sempre nesta data. O tema deste ano foi ” A Igreja que somos e a Igreja que queremos”.

O evento contou com a abertura e introdução realizada pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Maurício Grotto de Camargo, na sequencia o Padre José Aparecido Hergesse da Paróquia Nossa Senhora de Fátima de Avaré fez a exposição do tema, mostrando a grandeza histórica e religiosa da Arquidiocese Sant’Ana de Botucatu, desde seus primórdios até os feitos dos bispos e arcebispos, também foi ressaltado a quantidade de presbíteros, diáconos, religiosos e religiosas, seminaristas e leigos engajados com que a nossa Igreja Particular conta atualmente.

O Encontro foi realizado no salão da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, sob a coordenação do Côn. Alberto Campezato, coordenador de Pastoral da Arquidiocese que conduziu as atividades. Os seminaristas do Seminário Arquidiocesano “São José” e os paroquianos colaboraram na organização e limpeza do local e na acolhida dos padres, diáconos e leigos vindos das 45 paróquias que compõe as quatro regiões pastorais.

Atividades em grupos também foram realizadas com o intuito de ouvir dos presentes aquilo que que pensavam sobre a “Igreja que somos e a Igreja que queremos ser”, um plenário foi realizado entre os participantes que desenvolveram uma síntese que será apresentada ao arcebispo. O Encontro foi encerrado com a Adoração ao Santíssimo Sacramento na Matriz de Nossa Senhora Aparecida e com a breve apresentação e aprovação da síntese levantada por todos.

Na galeria de fotos de nosso site você encontra o álbum completo de fotos do Encontro da Família Arquidiocesana.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.