Arquidiocese de Botucatu

ENCONTRO DAS PASTORAIS SOCIAIS REFLETE SOBRE A JORNADA MUNDIAL DOS POBRES 2020

Na segunda-feira, dia 09, no salão paroquial São Pio X, em Botucatu, aconteceu o Encontro dos Pastorais Sociais com Pe. Francisco para estudar e refletir sobre a carta do Papa Francisco sobre a Jornada Mundial dos Pobres 2020.

Os participantes do encontro destacaram alguns pensamentos do Papa:

– Para celebrar um culto agradável ao Senhor, é preciso reconhecer que toda a pessoa, mesmo a mais indigente e desprezada, traz gravada em si mesma a imagem de Deus. De tal consciência deriva o dom da bênção divina, atraída pela generosidade praticada para com os pobres. Por isso, o tempo que se deve dedicar à oração não pode tornar-se jamais um álibi para descuidar o próximo em dificuldade. É verdade o contrário: a bênção do Senhor desce sobre nós e a oração alcança o seu objetivo, quando são acompanhadas pelo serviço dos pobres.

– O encontro com uma pessoa em condições de pobreza não cessa de nos provocar e questionar. Como podemos contribuir para eliminar ou pelo menos aliviar a sua marginalização e o seu sofrimento? Como podemos ajudá-la na sua pobreza espiritual? A comunidade cristã é chamada a coenvolver-se nesta experiência de partilha, ciente de que não é lícito delegá-la a outros. E, para servir de apoio aos pobres, é fundamental viver pessoalmente a pobreza evangélica. Não podemos sentir-nos tranquilos, quando um membro da família humana é relegado para a retaguarda, reduzindo-se a uma sombra. O clamor silencioso de tantos pobres deve encontrar o povo de Deus na vanguarda, sempre e em toda parte, para lhes dar voz, defendê-los e solidarizar-se com eles face a tanta hipocrisia e tantas promessas não cumpridas, e para os convidar a participar na vida da comunidade.

A carta completa do Papa Francisco está disponível no link:http://www.vatican.va/…/papa-francesco_20200613…

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.