Arquidiocese de Botucatu

Liturgia Diária

EVANGELHO:

SANTO:

Formação: Seminaristas refletiram capítulo do Documento 110 da CNBB que trata do primeiro discernimento

Os seminaristas que residem na Fraternidade Sant’Ana, em Marília-SP, participaram, na noite do 22, de uma formação comunitária sobre o terceiro capítulo do documento nº110 da CNBB. Esse documento prescreve sobre as diretrizes da formação presbiteral e, o capítulo abordado, discorre sobre o período do primeiro discernimento vocacional. Esse momento de primeira reflexão acerca do chamado vocacional é entendido como aquele que precede à opção por um dos sacramentos de serviço e a realidade que os envolve.

 Dentro dessa perspectiva, os candidatos ao ministério ordenado de nossa Arquidiocese dispuseram de um momento de partilha acerca das vivências pessoais do primeiro discernimento e da importância das pastorais vocacionais no processo de assumir essa vocação presbiteral. Nesse sentido, muitos levantaram a questão da conscientização da comunidade sobre as diversas vocações presentes na Igreja e concluiu-se que todas as formas de funções vocacionais são maneiras de servir a Deus dentro da comunidade cristã e não, somente, através das vocações ministeriais ou presbiterais.

 Após essa partilha, refletiu-se sobre a influência das realidades que afluem paralelamente à conjuntura vocacional do ministério, isto é, a família, a colegialidade dos presbíteros, a liderança episcopal, a missão que permeia essa realidade e o contexto que a cerca. Por fim, foi destacado que o serviço ministerial é suscitado nas entranhas da comunidade e nela deve encontrar seu fim último: o serviço pastoral.

Texto: Leonardo Zanzarini de Castro, 1º ano do Discipulado.

Fonte: PasCom Arquidiocese de Botucatu.

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.