Arquidiocese de Botucatu

Liturgia Diária

EVANGELHO:

SANTO:

Semana de oração pela unidade cristã de 16 a 23 de maio de 2021

“Permanecei no meu amor e produzireis muitos frutos” (cf. João 15,5-9).

Prezados irmãos e irmãs.

Com grande alegria e esperança de bons frutos, estamos no início da Semana de oração pela unidade dos cristãos.

Este ano temos a graça de celebrar a Semana de oração pela unidade dos cristãos em conjunto com a Igreja Particular de Bauru, pelo que, desde já agradecemos de coração.

Bendito seja Deus que nos reuniu no Amor de Cristo!

Deus, admirável na Criação, nos concebeu todos como filhos e filhas; nos gerou unidos intimamente a Ele e uns aos outros, a humanidade toda. O mistério da iniquidade, do pecado, introduziu a divisão, a separação não só entre os seres humanos, mas destes com o próprio Deus Criador. Os frutos do pecado são terríveis: corrupção, injustiça, violência, guerras, concentração de riqueza, miséria, fome, doenças e destruição do planeta, nossa casa comum.

Deus, mais admirável ainda na Redenção, nos reuniu no Amor de Cristo: nos uniu novamente a Ele como filhos e filhas e nos uniu de novo como irmãos e irmãs.

Jesus declarou: Que o homem não separe o que Deus uniu! (Mt.19,6).

Jesus orou: Eu não te peço só por estes, mas também por aqueles que vão acreditar em mim por causa da palavra deles, para que todos sejam um, como tu, Pai, estás em mim e eu em ti. E para que também eles estejam em nós, a fim de que o mundo acredite que tu me enviaste. Eu mesmo dei a eles a glória que tu me deste, para que eles sejam um, como nós somos um. Eu neles e tu em mim, para que sejam perfeitos na unidade, e para que o mundo reconheça que tu me enviaste e que os amaste, como amaste a mim. (Jo.17, 20-23)

Portanto, irmãos e irmãs, orar pela unidade dos cristãos é um compromisso batismal, de filhos e filhas de Deus e de irmãos e irmãs em Cristo. Orar pela unidade dos cristãos é cultivar a comunhão com Deus e com os irmãos e irmãs; é deixar-se transfigurar pelo Espírito Santo e, cada vez mais, conduzidos por Ele, produzir os frutos necessários para que o mundo creia: …amor, alegria, paz, paciência, bondade, benevolência, fé, mansidão e domínio de si. (Gl. 5, 22-23)

Oremos!

Amado e misericordioso Deus, pai e mãe. Tu nos chamas para vivermos a unidade e a reconciliação.

Por isso, estamos reunidos para celebrar, orar, e Te louvar.

Nesta semana de oração, queremos ser tocados por Teu Amor e ao permanecer Nele, nos reconciliamos conosco e com nossas irmãs e irmãos.

Em Cristo, Teu Amado Filho, desejamos produzir bons frutos para vivermos em comunhão, restabelecendo relações de amizade, partilha e solidariedade e, assim, nos reconhecermos como irmãs e irmãos neste mundo tão dividido.

A m é m !

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.