Missão Missão

Arquidiocese de Botucatu

Liturgia Diária

EVANGELHO:

SANTO:

Sem categoria › 10/12/2015

Missão: Sem. Renato conta sua experiência na Fazenda da Esperança

Renato junto a sua família.

Renato junto a sua família.

O seminarista Renato de Oliveira Neves, 19 anos, natural de Pardinho – SP, Paróquia Divino Espírito Santo, está na caminhada de discernimento vocacional há dois anos. Em 2014, cursou o Propedêutico, no Seminário Arquidiocesano São José, em Botucatu.

Com o apoio do Conselho de Formação Presbiteral, Renato ingressou em uma experiência missionária na Fazenda da Esperança, durante o ano de 2015. No primeiro semestre, ele residiu na Fazenda “São Libório”, conhecida como Pedrinhas, em Guaratinguetá – SP. E com a necessidade de missionários na Fazenda “Santa Rosa de Lima”, em Garanhuns – PE, Renato se dispôs a contribuir naquela unidade.

Hoje, após um ano de Experiência, o seminarista Renato solicitou ao Conselho de Formação, sua permanência durante os estudos filosóficos na Fazenda da Esperança, e iniciará o curso superior de Filosofia, na Faculdade Salesiana Dom Bosco,residindo e atuando na Fazenda da Esperança “Dom Gino Malvestio”, em Manaus – AM.

Em contato com nossa equipe da Pastoral da Comunicação, Renato contou como foi sua experiência missionária, e as suas expectativas:

“Tive conhecimento dessa realidade da Fazenda, quando entrei no Seminário em Botucatu, e solicitei ao Conselho de Formação uma Experiência Missionária na Fazenda da Esperança. Ao concluir o Propedêutico, em fevereiro de 2015, fui à Fazenda da Esperança, na Unidade “Pedrinhas”. Minha experiência na Fazenda, foi algo que me ajudou em meu crescimento como pessoa e também como vocacionado.

Através do contato com o carisma da Esperança, que é a da vivência da Palavra de Deus no dia a dia, e o contato com os meninos que se encontram em recuperação, lá descobri uma nova maneira de amar e servir a Deus na pessoa de cada um. E avalio muito positivamente esse ano de experiência.

Estou muito animado com essa nova experiência que farei a partir do próximo ano, que dará continuidade a minha caminhada formativa, e também missionária. Estarei convivendo com uma nova realidade, onde quero absorver e crescer através da doação ao próximo, que têm me feito muito feliz.

Agradeço a Arquidiocese de Botucatu, na pessoa de Dom Maurício, arcebispo metropolitano, ao Conselho de Formação e a Fazenda da Esperança por me proporcionarem essa experiência, agradeço também aos meus familiares e a todos que  apoiam e rezam pela minha vocação.”

 

Fonte: Catedral de Botucatu.

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.