Resumo Resumo

Arquidiocese de Botucatu

Sem categoria › 12/11/2015

Resumos das Assembleias das Regiões Pastorais realizadas em 07 de Novembro

logoBrasaoBotucatu, 11 de novembro de 2015 – Memória de São Martinho de Tours – Bispo

 

Prezados Padres, Diáconos, Religiosos, Seminaristas, Coordenadores Arquidiocesanos de Pastorais, Movimentos, Associações e Organismos Eclesiais  da Arquidiocese de Botucatu

Saúde e Paz!

Na sequência, o resultado do trabalho realizado nas  Assembleias das 4 Regiões Pastorais, no último dia 07 de novembro.

Uma Síntese desse material  será  aprovada na próxima reunião do CAMP e apresentada, ao  CAMPA, no dia 05 de dezembro, no Centro Arquidiocesano de Pastoral.

Produzido com  empenho e dedicação, por parte de todos os participantes, esse material expressa a atual realidade da Pastoral dos Sacramentos na  Arquidiocese, com suas  realizações,  carências,  lacunas desafios.

A partir de fevereiro de 2016, daremos início ao processo de elaboração do Diretório Arquidiocesano de Pastoral. Contamos com a colaboração de todos!

Rezemos pelo Arcebispo e pelas suas intenções! Rezemos também uns pelos outros. Que Deus nos abençoe e Senhora Santana nos proteja!

 

Sempre agradecido!

Pe. José Hergesse – Coordenador Arquidiocesano de Pastoral

RESUMO DAS ASSEMBLEIAS REGIONAIS 07/11/2015

 

 

REGIÃO PASTORAL 1

 

Pe. Ivonil Parraz – Coordenador da RP1

 

  • SÍNTESE: AVALIAÇÃO E ACRÉSCIMOS

 

  1. Todas as celebrações dos Sacramentos deveriam ser feitas na missa. Desse modo, seria uma formação catequética, um anúncio querigmático de Cristo.
  2. Necessidade de unidade entre as pastorais. Vivenciar a Pastoral de Conjunto; Os agentes de pastorais precisam buscar pela formação e espiritualidade. Os padres e diáconos poderiam ser mais presente nas pastorais.
  3. A arquidiocese deveria oferecer mais cursos preparatórios para os Sacramentos. Unidade das paróquias: todas elas terem a mesma quantidade de horas para a formação dos Sacramentos. Evangelizar a comunidade: capacitação da Igreja em saída para novos agentes. Mais conhecimento do Documento de Aparecida.
  • INICIATIVAS PASTORAIS ANTES E DEPOIS DA CELEBRAÇÃO DOS SACRAMENTOS

A – OS SACRAMENTOS DA INICIAÇÃO CRISTÃ

1- SACRAMENTO DO BATISMO

– Antes: Incentivar a Pastoral do Acompanhamento, conhecer a realidade e ir ao encontro (visitas). Acompanhamento das famílias antes do nascimento dos filhos.

– Depois: acompanhamento. Conscientização das pequenas comunidades.

2- SACRAMENTO DA CRISMA

– Antes: encontro do Pré-Crisma; Pastoral do Adolescente de forma dinâmica e interativa, demonstrar a importância desse sacramento, mostrar a riqueza e a profundidade da Igreja. Dinamizar mais os encontros, vivenciar de uma forma menos escola, obrigação, rotina, atuar com os pais. Mostrar ao catequizando a importância dele na comunidade. Formação, ação social, espiritualidade, recreação, comunhão.

– Depois: Incentivar a participação na comunidade, diversidade de carismas, grupo de jovens, acólitos.

3- SACRAMENTO DA EUCARISTIA

– Antes: Catequese querigmática, a importância da vida em Deus, uma catequese que mostre que mostre a Eucaristia como alimento da vida na fé

– Depois: celebrar a eucaristia com amor. Acompanhamento das famílias e das crianças para que estas não se afastem da comunidade.

B- OS SACRAMENTOS DA CURA

1- SACRAMENTO DA PENITÊNCIA

– Antes: a noção de sacramento como sinal de Deus, uma boa preparação antes da confissão.  A importância do perdão. A dinâmica de se reconhecer pecador.

– Depois: mostrar a possibilidade da conversão diária e do recomeço. Orientação espiritual. Transformar o pecado em virtude.

 

2- SACRAMENTO DA UNÇÃO DOS ENFERMOS

– Antes: mostrar a importância desse sacramento como sinal de Deus para o enfermo. Conscientizar que é um sacramento de cura espiritual e até mesmo física. Um sacramento da vida.

– Depois: uma pastoral que acompanhe os enfermos. Trabalho terapêutico. Transformação das famílias.

C- OS SACRAMENTOS DO SERVIÇO

1- SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO

– Antes: Conscientizar a importância desse sacramento como sinal da presença de Deus na família, melhorar os encontros de noivos, uma catequese da vida sobre o matrimônio e família.

– Depois: acompanhar e engajar as famílias na comunidade, mostrar que a pessoa é importante e faz falta na comunidade.

2- SACRAMENTO DA ORDEM

– Antes: formar o candidato mostrando a importância do ser humano nas relações, como pastor que cuida e descobre o valor da cada um, que tenha proximidade. Conhecer a realidade. Orientação vocacional para todas as pastorais. Participação das comunidades na formação dos seminaristas.

– Depois: não seja funcionário do altar.

 

A formação e espiritualidade são essenciais para vivenciar verdadeiramente a Pastoral dos Sacramentos. O cuidado é essencial. Dar oportunidade para todos participarem das pastorais, com convites e tempo de coordenação limitado.

O Diretório arquidiocesano de Pastoral deve ser único e não por região. Disponibilizar o Diretório nos sites das paróquias e mídias digitais. Vídeo introdutório e disponibilizá-lo.

 

 

REGIÃO PASTORAL 2

 

NOSSA ASSEMBLÉIA ACONTECEU NO DIA 07, NO SANTUÁRIO NOSSA SENHORA DAS DORES, ENTRE AS 7H30 AS 12H. TIVEMOS A PRESENÇA DE 53 PESSOAS; COM A PRESENÇA DOS SACERDOTES. FOI UM MOMENTO MUITO BOM DE REFLEXÃO.       

     Pe. Edélcio Augusto  Soares    – Coordenador da RP2

 

  • SÍNTESE: AVALIAÇÃO E ACRÉSCIMOS

 

Desenvolver um trabalho de continuidade entre a recepção de um sacramento e outro, enfocando as exigências da vivência sacramental.

Promover encontros paroquiais para estudos das regras contidas no Guia. .

– A questão das Taxas ou contribuições.

– Os Dizimistas não devem ser isentos das taxas.

– Para as Secretarias Paroquiais vários momentos ao ano de capacitação por regiões pastorais. Duas capacitações em nível Arquidiocesano, exemplo: uma em cada semestre!

– Cada paróquia deve efetivar uma Pastoral Missionária para resgatar os que se afastaram. Desenvolver um maior trabalho de Espiritualidade com os leitos.

Não há necessidade de ser criada uma nova pastoral (Pastoral dos Sacramentos) e sim aproveitar a estrutura da Pastoral Familiar, a qual poderia englobar as pastorais do Batismo, Crisma e Catequese e realizar um trabalho Missionário de Evangelização junto as famílias da já participam e irei principalmente as afastadas.

– A Pastoral dos Sacramentos deverá apresentar em relação aos Sacramentos: fundamentos bíblicos, teológicos, litúrgicos, espirituais e pastorais de cada sacramento.

 

  • INICIATIVAS PASTORAIS ANTES DE DEPOIS DA CELEBRAÇÃO DOS SACRAMENTOS

 

A – OS SACRAMENTOS DA INICIAÇÃO CRISTÃ

 

1- SACRAMENTO DO BATISMO

Antes: Uma boa acolhida; Evangelização querigmática; Espiritualidade; Pastoral de Batismo com uma estrutura que possa após marcarem o batizado fazerem visitas, antes e depois da recepção dos sacramentos.

Depois: Acompanhamento Pastoral que motive as famílias a virem para a Igreja

 

2- SACRAMENTO DA  CRISMA

Antes: Acolhida e engajamento do Crismando na Comunidade de Jovens

Depois: Algum trabalho de acompanhamento espiritual e aprofundamento na fé com os jovens.

 

3- SACRAMENTO DA  EUCARISTIA

Antes: Trabalhar a acolhida e aprofundamento bíblico, teológico, pastoral e espiritual com as crianças e pais. Trabalhar retiros espirituais.

Depois: Elaboração de um programa de Catequese de Perseverança mais amplo com atividades religiosas, culturais e sociais.

 

B- OS SACRAMENTOS DA CURA

 

1- SACRAMENTO DA  PENITÊNCIA

Antes: Elaboração de um material de estudo e reflexão bíblico, teológico, pastoral e espiritual sobre o que é o Pecado. Neste material também tenha um exame de consciência. Este material seja de fácil acesso ao povo.

Depois: Continuar a conscientizar nas Missas sobre a dimensão do pecado. Que os padres disponibilizem dias dedicados somente para as confissões.

 

2- SACRAMENTO DA UNÇÃO DOS ENFERMOS

Antes: Desenvolver um trabalho de uma pastoral da visitação/saúde feita por leigos que vão e façam visitas, orações. Também desenvolver um trabalho social caso eles precisem de: remédios/fraldas. Também chame o sacerdote para fazer a unção/benção.

Depois: Continuar um trabalho de visitação e assistência espiritual e social.

 

C- OS SACRAMENTOS DO SERVIÇO

 

1- SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO

Antes: As Paróquias deveriam promover durante o ano encontros para os casais de namorados e desde já trabalharem o tema do sacramento do matrimônio e todas as suas exigências: preparação litúrgica, espiritual e sua vivência.

– Encontros de noivos serem mais dinâmicos, motivadores e com momentos de espiritualidade.

Depois: Que a pastoral familiar desenvolva um trabalho da Pastoral dos Recém-casados. Engajá-los em algum trabalho dentro da comunidade cristã.

 

2- SACRAMENTO DA ORDEM

Antes: Que a comunidade paroquial e os sacerdotes possam dar todo o apoio, respeito e incentivo aos vocacionados e aos seminaristas. Criar a Pastoral Vocacional em cada paróquia e incentivá-los a acompanhar os vocacionados, seminaristas e seus familiares. Reservar um dia da semana em que todas as paróquias possam promover momentos de oração, adoração e terço pelas vocações. Fazer uma arrecadação mensal e enviar aos seminaristas para suas eventuais necessidades.

Depois: Trabalhar com o povo a conscientização do que é a vocação sacerdotal e incentivar a apoiarem os sacerdotes, sendo compreensíveis e respeitando-os sempre. Dedicar momentos de visita aos Sacerdotes. Convidando-os para um almoço, jantar ou café

 

 

– REGIÃO PASTORAL 3

 

Participaram:

– PARÓQUIA NOSSA SENHORA DOS REMÉDIOS – ANHEMBI

– PARÓQUIA NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS – PIRAMBÓIA

– CAPELA DE NOSSA SENHORA APARECIDA – CAPUAVA – PIRAMBÓIA

– PARÓQUIA DE SÃO ROQUE – LARANJAL PAULISTA

– PARÓQUIA SÃO JOÃO BATISTA – LARANJAL PAULISTA

– PARÓQUIA SENHOR BOM JESUS – CONCHAS

– PARÓQUIA SANTO ANTONIO – MARISTELA

–  PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA PIEDADE – BOFETE

Pe. Valter Jeremias da Silva – Coordenador da RP3

  • SÍNTESE: AVALIÇÃO E ACRÉSCIMOS

.

– Formação mais direcionada para que se possa conduzir um curso de preparação de forma a atender as necessidades daqueles que estão se preparando para receber um determinado sacramento.

– Falta formações para liturgia, formação unificada para todas as pastorais, talvez até mesmo em nível Arquidiocesano com uma maior padronização. Faz-se necessário maior orientação por parte do sacerdote.

– Os fiéis não tem acesso às informações presentes no Guia Informativo. – As pessoas afirmam que o valor das taxas é alto para realidade dos paroquianos. 

– Não cobrar pelo Batismo e demais taxas devem ser discutidas.

– Uma maior prestação de contas talvez facilitasse a conscientização a esse respeito.

– Falta acolhida perseverante, contagiante primeiro pelo padre e depois pelas pastorais. Acolher e conduzir para formação. “É mais fácil conduzir um cordeiro no cercado, do que solto.”

– Uma Pastoral organizada pela Arquidiocese contendo a colaboração de todas as paróquias, construindo uma igreja servidora e acolhedora renovada, mas mantendo a preocupação com as diretrizes católicas.

– É necessário estabelecer critérios com relação ao tempos e frequência para a recepção dos sacramentos, maior diálogo entre as pastorais, para que ocorra uma maior compreensão geral do que ocorre em cada paróquia.

 – Subsídio com a padronização dos cursos preparatórios para os Sacramentos.

– Todas as paróquias deverão cumprir as normas do diretório, havendo um órgão que exija o mesmo.

– Melhorar a formação. Horários flexíveis para atendimento. Igreja de portas abertas.

 

  • Iniciativas Pastorais antes e depois da celebração dos Sacramentos

 

A – OS SACRAMENTOS DA INICIAÇÃO CRISTÃ

1 – SACRAMENTO DO BATISMO

– Antes: Um período maior de formação, visita e aproximação com as famílias.

– Depois: Necessidade de uma catequese continuada e encaminhar as famílias para uma pastoral do acompanhamento.

 

2 – SACRAMENTO DA  CRISMA

– Antes: Retiro preparatório, formação de grupos juvenis, preparação com um período de 02 anos e contatos com outras pastorais “Estagio”. Por fim acompanhar o crismando na família.

– Depois: Necessidade de uma catequese continuada e apresentar as pastorais e movimentos existentes na paroquia para um futuro engajamento nas pastorais e movimentos.

 

3 – SACRAMENTO DA  EUCARISTIA

 

– Antes: Formação continua que desperte uma conscientização da importância da Eucaristia na nossa vida, despertando uma ação missionaria e uma maior espiritualidade.

– Depois: Catequese continua, desenvolvendo e despertando o interesse do catequisando para assumir um engajamento nos diversos ministérios paroquias, como por exemplo, coroinha, grupos de jovens e a  necessidade de uma  pastoral da perseverança até o período da crisma.

 

B – OS SACRAMENTOS DA CURA

 

1- SACRAMENTO DA  PENITÊNCIA

– Antes: Faz necessária uma reflexão sobre o pecado, para uma melhor preparação para as confissões

– Depois: Assumir uma vida nova.

2 – SACRAMENTO DA UNÇÃO DOS ENFERMOS

– Antes: Desenvolver uma melhor consciência do significado( esclarecimento)  do sacramento e sua eficaz.

– Depois: Desenvolver uma pastoral da saúde e um maior acolhimento da pastoral da saúde, junto da família do enfermo.

 

 

 

C – OS SACRAMENTOS DO SERVIÇO

 

1 – SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO

– Antes: Necessidade de uma melhor preparação e uma conscientização dos noivos.

– Depois: Engajamento do casal junto as pastorais da paroquia, sobretudo a pastoral familiar.

 

3 – SACRAMENTO DA ORDEM

– Antes: Necessidade de uma pastoral vocacional a nível diocesano e paroquial bem estruturada, um maior esclarecimento das vocações, para que aconteça um despertar vocacional no seio das famílias. Por fim um melhor acompanhamento juntos dos vocacionados.

– Depois: Rezar pelos padres e vocacionados, despertando-os  um profundo sentido missionário.

 

 

– REGIÃO PASTORAL 4

 

07-11-2015 – DAS 8 ÀS 13 H – SALÃO DO SANTUÁRIO N.S.PIEDADE – LENÇOIS PAULISTA. PRESENTES: 72 PESSOAS – 13 PADRES – 1 DIÁCONO. CLIMA ALEGRE, FRATERNO, MOMENTO DE ENCONTRO E DISCUSSÃO NAS REUNIÕES DE GRUPOS, COM MUITA SERIEDADE E ABERTURA. COORDENAÇÃO: MONS. CARLOS;  SECRETÁRIO: PE. GUSTAVO.

Mons. Carlos Jose de Oliveira – Coordenador da RP4

 

 

  • SÍNTESE: AVALIAÇÃO E ACRÉSCIMOS

 

A síntese foi muito bem elaborada, resumindo bem as propostas das Assembleias Paroquiais. Concordamos com os pontos apresentados e colocamos algumas considerações:

 

  1. Organização e preparação dos responsáveis e profissionais de foto e vídeo durante as celebrações dos sacramentos.
  2. Divulgação do Guia Informativo pelos meios virtuais, como sites da Arquidiocese e paróquias, por exemplo.
  3. As taxas são necessárias, mas precisa-se crescer na conscientização a respeito do dízimo. Cuidado para não excluir os mais pobres dos sacramentos pela condição financeira: isenção para as famílias carentes.
  4. Prezar pelo profissionalismo das nossas equipes de secretaria paroquial, bem como de toda dimensão administrativa da Igreja.
  5. 5. O Diretório deve ser a nível arquidiocesano, e não regional, favorecendo a unidade de toda Arquidiocese.

 

  • INICIATIVAS PASTORAIS ANTES E DEPOIS DA CELEBRAÇÃO DOS SACRAMENTOS

 

 

A-   OS SACRAMENTOS DA INICIAÇÃO CRISTÃ

 

1- SACRAMENTO DO BATISMO

 

– Antes:

-Trabalho conjunto entre a Pastoral do Batismo, demais pastorais e movimentos ligados à família e equipes missionárias para visitação e acompanhamento das famílias, desde a gestação, atentos às necessidades das famílias e já esclarecendo a importância do Batismo e o papel dos padrinhos.

– Melhor preparação dos agentes da Pastoral do Batismo, responsáveis pelos Encontros de Preparação.

 

– Depois:

– Retiro com pais e padrinhos que participaram do Batismo ao longo do ano, bem como uma celebração especial com os mesmos.

– Acompanhamento das famílias por meio de visitas da Pastoral Familiar ou demais movimentos, reforçando necessidade da participação e engajamento na comunidade.

 

2- SACRAMENTO DA CRISMA

Antes:

– Ir atrás dos jovens afastados para que façam a preparação para a Crisma.

– Preparação utilizando linguagem e métodos que atinjam os jovens. (ex.: experiência do Acampamento Crismal da Paróquia Nossa Senhora da Piedade)

– Introduzir o crismando na vida da comunidade já durante a preparação: proposta de que o crismando faça um estágio em algumas pastorais durante sua preparação.

 

Depois:

– Cuidar da integração do jovem nas pastorais e movimentos da paróquia e nos grupos de jovens;

– Respeitar e valorizar o jovem para que ele se sinta participante e necessário.

 

3 – SACRAMENTO DA EUCARISTIA

 

Antes:

– Ir em busca das crianças nas casas e escolas fazendo as matrículas para a catequese.

– Catequese familiar: envolver os pais na preparação.

– Duração de três anos para a preparação da 1ª Comunhão Eucarística.

 

Depois:

– Catequese continuada, principalmente pela Perseverança ou Pastoral do Adolescente, evitando uma lacuna entre a Eucaristia e a Crisma.

 

 

B – OS SACRAMENTOS DA CURA

 

1 – SACRAMENTO DA PENITÊNCIA

 

Antes:

– Favorecer momentos de formação sobre esse sacramento, principalmente nos tempos fortes (Quaresma e Advento): como celebrações penitenciais, aproveitar uma homilia dominical para uma catequese sobre a Reconciliação, divulgação do exame de consciência.

– Trabalhar a distinção entre confissão e aconselhamento

– Valorizar a experiência da Misericórdia de Deus.

 

Depois:

– Incentivo à direção espiritual

– Valorizar a vivência penitencial

 

2 – SACRAMENTO DA UNÇÃO DOS ENFERMOS

 

Antes:

– Formação sobre a importância desse sacramento (desmistificar a Unção, purificando a ideia de “extrema” unção)

– Celebrações especiais (Dia do Enfermo, Semana Santa) para administrar a unção aos enfermos, aproveitando esses momentos para uma catequese.

– Visitas e assistência aos doentes e famílias

 

Depois:

– Visitas dos MECE’s e Pastoral da Saúde

– Celebrações nas casas dos enfermos

 

C – OS SACRAMENTOS DO SERVIÇO

 

1 – SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO

 

Antes:

– Levar os noivos à compreensão de que o matrimônio é uma vocação

– Encontros de preparação baseados nos testemunhos de vivência de casais cristãos

– Acompanhamento com o pároco, para além de uma única entrevista.

 

Depois:

– Inserir os casados na vida da comunidade

– Motivar a participação em encontros e retiros (ECC, Acampamentos)

– Visitas para acompanhar os primeiros passos da vida matrimonial

 

2 – SACRAMENTO DA ORDEM

 

Antes:

– Estruturar Pastoral Vocacional

– Formação segundo a Tradição da Igreja

 

Depois:

– Compreensão e apoio aos padres

– Formação permanente

– Fomentar a vocação

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.