Missão Missão

Arquidiocese de Botucatu

Liturgia Diária

EVANGELHO:

SANTO:

Sem categoria › 08/07/2015

Seminaristas participarão de Congresso Missionário Nacional em Belo Horizonte – MG

Congresso MissionárioAs Pontifícias Obras Missionárias (POM) divulgaram o programa oficial do 2º Congresso Missionário Nacional de Seminaristas, que ocorrerá de 9 a 12 de julho, na PUC/MG, no Auditório do Museu, em Belo Horizonte.

Cerca de 300 participantes, entre seminaristas, reitores de seminários, formadores, bispos e convidados participarão do evento. A programação gira em torno de quatro palavras motivadoras: caminho, encontro, conversão e envio como Igreja “em saída”. A Arquidiocese de Botucatu será representada por três seminaristas: Carlos Vasconcelos (Propedêutico), Adilson Pedro (Filosofia) e Rafael Paixão (Teologia).

Estão confirmados para a cerimônia de abertura, dom José Lanza Neto (Comire Leste 2), padre Camilo Pauletti, diretor nacional das POM; Secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Leonardo Steiner; arcebispo de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo; presidente da Organização dos Seminários e Institutos do Brasil (Osib), padre Nivaldo dos Santos; o seminarista João Luiz do Conselho Missionário de Seminaristas (Comise) e a Irmã Elsie Auzier Vinhote da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB).

A acolhida e credenciamento do congresso será no dia 9, das 10h às 17h30, no Auditório do Museu. A cerimônia de abertura está marcada para às 18h, com boas-vindas e apresentação geral dos participantes, declaração e oração de abertura e memória do 1º Congresso Missionário Nacional de Seminaristas 2010.

Conferências

“Os desafios da Missão para a formação do missionário presbítero”, será o tema da primeira conferência do Congresso. Na sexta-feira, 10, a programação inicia às 8hrs, com animação e oração, composição da mesa e apresentação dos conferencistas, bem como, a saudação da CRB.

A conferência, com dom Esmeraldo Barreto de Farias, bispo auxiliar de São Luís (MA) e presidente da Comissão Episcopal para a Ação Missionária e Cooperação Eclesial da CNBB, inicia às 08h45.

Já a segunda conferência “Visão dos leigos e leigas sobre a formação do presbítero”, será com Marilza Lopes Schuina, presidente do Conselho Nacional de Leigos e Leigas do Brasil (CNLB), inicia às 10h30.

Ainda na sexta-feira, 10, a partir das 14h, ocorrem os mutirões coordenados, com 11 grupos e às 16h, a plenária com partilha. Após a saudação do Conselho Nacional dos Presbíteros (CNP), será apresentada a síntese dos mutirões. A missa será celebrada às 18h15, no Auditório do Museu, encerrando a programação do dia 10.

Interpelações do papa

O programa do sábado, 11, inicia às 8h15 com animação e oração. A composição da mesa e apresentação dos conferencistas será a partir das 8h40, precedida pela palavra do Conselho Indigenista Missionário (Cimi).

Em seguida, a 3ª conferência do Congresso abordará “As interpelações do papa Francisco sobre a formação do missionário presbítero”, com o cardeal dom Cláudio Hummes, arcebispo emérito de São Paulo (SP) e presidente da Comissão Episcopal para a Amazônia da CNBB.

Às 10h30, inicia a 4ª conferência “A missão ad gentes no ministério do missionário presbítero”, com o padre Estêvão Raschietti, secretário executivo do Centro Cultural Missionário (CCM).

“O Conselho Missionário de Seminaristas (Comise)”, será o tema da exposição do padre Jaime Patias (IMC), secretário nacional da Pontifícia União Missionária. Em seguida, o congresso apresentará o testemunho dos seminaristas Anderson Costa Pereira (Nordeste); Fernando Paulo dos Santos (Leste 2); Josinaldo Plácido da Silva (Norte 1) e  Gilberto Silva de Fraga (Sul 3).

No final da tarde, após a apresentação das sínteses e conclusões do Congresso, os participantes se deslocam para celebração da Missa, nas paróquias que os acolhem, seguida de confraternização com as comunidades.

Dia do envio

No domingo, os congressistas farão a partir das 8h, uma peregrinação ao Santuário Nossa Senhora da Piedade, com paradas para reflexões, testemunhos e orações. Às 11h, haverá a Missa de encerramento e envio, presidida por dom Walmor Oliveira de Azevedo, arcebispo de Belo Horizonte (MG).

Para o padre Jaime Patias, “o Congresso será um momento propício para refletir sobre a formação missionária dos futuros presbíteros, partilhar experiências, celebrar as graças recebidas e buscar novos caminhos para aprimorar a formação e as orientações da Igreja à luz da Palavra de Deus. Como fruto imediato, esperam-se o fortalecimento e a criação de Conselhos Missionários de Seminarista (Comises), experiências missionárias, além de outras iniciativas de formação para uma Igreja em saída”

Da redação, com Pontifícias Obras Missionárias

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.