Arquidiocese de Botucatu

Liturgia Diária

EVANGELHO:

SANTO:

Bíblia: Deus que se comunica, luz para os povos e experiência atualizada.

A riqueza da Palavra de Deus conservou-se no coração do povo de Israel antes mesmo de ser “escritos sagrados” que conhecemos hoje. Esta riqueza foi fruto da experiência do povo da aliança com o Deus de Israel, o qual marcou a história da comunidade, fazendo com que esse mesmo povo transmitisse o fato experenciado por toda a sua história. Para tanto, Deus utiliza da vivência do povo para com ele comunicar-se, ao passo que Sua palavra é comunicação.

Neste sentido, a importância da palavra conservada no coração do povo fez com que Deus comunicasse com ele, de modo que vivenciavam os seus desígnios na liberdade, pois confiava na palavra do criador e, por consequência, era iluminado em toda a história da Salvação. Dessa maneira, devemos confiar e guardar a palavra de Deus como novo povo da aliança, pois ela é lâmpada para nossos pés e luz para nossos caminhos (Sl 119,105).

Cientes de que a palavra de Deus é comunicação, é lâmpada para nossos pés e luz para nossos caminhos, ela também é vivência que conduz à experiência com Jesus de Nazaré, o Cristo. Infelizmente, no decorrer da história, essa vivência fora deixada de lado. A palavra de Deus se tornou mais um livro, mais uma história para ser contada, pois a essência foi posta de lado. A essência da palavra do senhor é quando os escritos são colocados em prática de forma natural, ou seja, uma verdadeira vivência da palavra que possibilita a transformação do mundo pelo agir, fruto da vivência. (Tg 1,21-22).

Por fim, Jesus é a palavra de Deus encarnada na história! (Jo 1,1) Escutou diretamente do pai a sua palavra e fez a sua vontade na liberdade de filho, sendo fiel até a morte. Sendo assim, descobrimos a importância de mergulharmos no estudo bíblico, pois é desta maneira que a comunidade assume a missão já iniciada por Jesus: sendo ela anunciadora do reino com todas as provações, desafios, tendo a esperança na ressurreição, ao passo que ela perpassa as experiências do mistério pascal de Jesus de Nazaré, o Cristo (com sua paixão, morte e ressurreição). Portanto, somos convidados a participar dessa vida evangélica no campus da história da qual vivemos, aceitando os desafios, provações, ao passo que exista, no coração da comunidade, esperança na ressureição. Que possamos juntos transmitir a palavra de salvação, com a devida esperança, como novo povo que assume o projeto de Deus já iniciado por jesus, em nosso tempo!

Por Seminarista Kaik Vieira

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.