Arquidiocese de Botucatu

Conclusão da Atualização do Clero é marcada pelo envio missionários dos presbíteros

O curso de Atualização do Clero aconteceu ao longo dessa semana, entre os dias 21 e 24, no Seminário Franciscano “Santo Antônio”, em Agudos – SP. Abaixo você confere a mensagem do coordenador arquidiocesano de Pastoral, Pe. José Aparecido Hergesse:

Botucatu, 24 de outubro de 2019

Prezados Padres, Diáconos, Consagrados, Seminaristas e Coordenadores Arquidiocesanos de Ministérios Extraordinários, Pastorais, Movimentos, Associações e Organismos Eclesiais.

Saúde e Paz!

Concluiu-se, hoje, às 12h, o Curso de Atualização do Clero da Arquidiocese de Botucatu – de 21 a 24/10 – no Seminário Santo Antônio, em Agudos, SP, neste ano, como sugestão da Comissão Arquidiocesana de Formação e aprovação do Conselho Arquidiocesano de Missão e Pastoral – CAMP – conduzido pela própria Comissão Arquidiocesana de Formação.

Antes da conclusão da primeira Etapa do Projeto Arquidiocesano de Formação dos Discípulos Missionários – 2018/2019 – em vista de uma Pastoral decididamente Missionária, como pede o Documento de Aparecida, que será realizada no próximo dia 15 de novembro, por ocasião do Encontro da Família Arquidiocesana, a Comissão Arquidiocesana de Formação quis rever ou revisitar juntamente com os Padres e o Arcebispo, os 5 aspectos ( Anúncio – Conversão – Discipulado – Comunhão – Missão ) do Kerígma, que estão sendo apresentados nas Paróquias desde o inicio deste ano, pelas Equipes Paroquiais de Formação.

Desse modo, neste ano, quebrou-se um pouco o ritmo dos anos anteriores quando eram tratados assuntos mais diretamente ligados à vida humano-afetiva dos Presbíteros e sempre orientados por um especialista no assunto.

Apesar de os envolvidos na organização do encontro e na exposição dos temas, serem todos “ Santos de Casa”, o resultado final foi bastante satisfatório, seja quanto à presença dos participantes e ao conteúdo desenvolvido pelos palestrantes, quanto ao envolvimento de todos na convivência, nos assuntos tratados nas dinâmicas apresentadas.

Constatou-se, já desde o início, e depois comprovado na avaliação feita por escrito, que o Encontro, mesmo na sua simplicidade, e,

talvez, por isso mesmo, aconteceu num clima de muita leveza e espontaneidade, de generosa colaboração nas atividades indicadas, onde cada um se expressou do seu jeito e participou do seu modo, sentindo-se todos em casa, irmanados num único projeto, como irmãos uns dos outros, independente da idade ou da função que exerce!

Com certeza que todos os participantes saímos renovados na Fé, motivados na busca de uma vida cada vez mais configurada a Jesus Cristo, revigorados no nosso amor à Igreja, por natureza e por essência, sempre Missionária, e no respeito, na obediência e na fidelidade ao Sucessor de Pedro, hoje Francisco, e ao nosso Arcebispo, hoje, Dom Mauricio Grotto de Camargo.

Quanto ao tema do Kerígma, algumas Paróquias conseguiram formar 5 ou 6 Grupos; outras querem continuar montando Grupos até dezembro ou, então, como pretendem algumas, realizar, pelo menos, um Grupo até o final do ano; outras, que ainda não aderiram ao Projeto Arquidiocesano de Formação, serão convidadas para que realizem, pelo menos, um Encontro Geral, em 2019! Este último caso, está sendo acompanhado pelos Coordenadores das Equipes Regionais de Formação.

Mas, o Projeto Arquidiocesano de Formação continua… A Comissão Arquidiocesana de Formação já está preparando os subsídios para o próximo ano de 2020: no 1º semestre, com a divulgação do conteúdo das Diretrizes Arquidiocesanas de Missão e Pastoral – DAMP; no 2º semestre, a divulgação das Orientações Pastorais do Diretório Arquidiocesano da Pastoral dos Sacramentos – DAPS.

E, o que realizamos em 2018 e 2019, e também o que será realizado em 2020, tudo isso está sendo e será realizado em preparação para o Triênio 2021 a 2023, quanto estaremos aprofundando os Temas centrais de uma Pastoral Missionária.

Ou seja, uma Paróquia, toda ela Ministerial, Casa e Escola de Comunhão e Samaritana; com a Pastoral dos Sacramentos realizada à luz da Palavra de Deus e numa dimensão missionária: Cuidando bem de quem já participa, acolhendo bem quem nos procura e procurando pelos afastados.

Rezemos pelo Arcebispo! Rezemos também uns pelos outros! Que Deus nos ajude, Senhora Santana nos proteja, e, Maria, Mãe de Jesus, Mãe da Igreja e nossa Mãe, continue intercedendo por nós!

Sempre agradecido!

Pe. José Hergesse – Coordenador Arquidiocesano de Pastoral

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.