Arquidiocese de Botucatu

Liturgia Diária

EVANGELHO:

SANTO:

Paróquia lembra Ana Rosa e faz campanha contra o feminicídio

Entre os dias 10 e 27 deste mês, a Paróquia de São Pio X, na Zona Sul de Botucatu, promove a Festa de Santa Cruz de Ana Rosa, a fim de lembrar o crime passional ocorrido em fins do século dezenove que comoveu a região e gerou uma devoção popular. Este ano o evento evoca novamente a morte da jovem Ana Rosa, esquartejada a mando do marido Chicuta no local em que há hoje uma igreja e abre debates sobre o aumento de casos de feminicídio no país.
“Há três anos conheci a tradicional capela de Ana Rosa e após obter autorização da Secretaria de Turismo passei a celebrar missas lá nos primeiros sábados. O arcebispo também aprovou a iniciativa, a comunidade gostou, começamos a restaurar o prédio da igreja e a reavivar o setor”, relata o pároco José Francisco Antunes, o padre Chico.
“Falar em festa da Cruz parece um contrassenso para a mentalidade de muitos que fogem da cruz, pois acham-na uma desgraça. Porém, nós, cristãos recordamos a cruz e aquele que está na cruz, pois valorizamos o crucificado e a cruz como sinal, símbolo maior do amor misericordioso de Deus”, explica o padre Chico.
LIVES – Por conta da pandemia haverá transmissões pelas redes sociais de lives sobre violência.
Na próxima quarta-feira, 10, às 19h30min, a primeira delas abordará a violência doméstica, com a participação da juíza de Direito Cristina Escher, titular da 2ª Vara Criminal de Botucatu; da psicóloga Amanda Rocha e da advogada Priscila Paganini.
No dia 11, no mesmo horário haverá live sobre violência psicológica e moral com a participação das advogadas Silvana Pradela Cardi, Raíssa Blumer Surano e Isadora Tiegli.
No dia 12 a live terá como tema violência física e superação das mulheres, quando algumas vítimas darão depoimentos.

Este ano, como a comunidade em torno da capela de Santa Cruz de Ana Rosa está mais organizada, haverá espaço também para a música caipira, pois a história da morte dessa moça também já foi cantada na melodia raiz.
No domingo, 13, às 19h30 a história da capela de Ana Rosa será o tema de live com a presença do pesquisador Francisco Basso. No dia 14, data da liturgia da Exaltação da Santa Cruz haverá missa na capela, às 19h30min, com transmissão on line.
O filme “Ana Rosa”, curta metragem de Davi Franque lançado em 2018, que conta a história da jovem assassinada pelo marido em 1885, será apresentado na nova igreja de São Pio X, em duas sessões na noite do dia 19, cujas reservas podem ser feitas pelo telefone 3815-8348. Nos dias 25 e 26, às 19h30min, estão programadas lives sobre Ana Rosa em músicas sertanejas.

No domingo, 27, no encerramento dos festejos, às 10h será celebrada missa em que haverá homenagem ao padre Orestes Gomes Filho. Pároco da Igreja de Nossa Senhora Menina, da Vila Maria, ele faleceu em março último, mas era um dos entusiastas do resgate da memória de Ana Rosa. Em seguida será servido almoço tropeiro, no sistema drive thru, das 11h30min às 14h.

Fonte: “Botucatu Online”

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.